Monday, August 31, 2009

Back to work


Pois é… há que regressar!
(tomorrow)

Sunday, August 30, 2009

Faz-lhe bem, sempre!

Faz-lhe bem, sempre!
Apesar de não ter dito nada de particularmente espirituoso, tinha-a feito rir, devia ter sido a forma como o dissera. Havia uma expressão deliciosa nos seus olhos, afáveis e cintilantes que a faziam sentir-se tão à-vontade junto dele.
Com um deleite exasperante, respirou como quem beija e ensinou-a a ouvir o som dos seus pensamentos, e a ler – por vezes – uma sombra na sua voz, tudo, no mesmo registo!
Hoje, o vento quando a embala… são os seus braços que a enlaçam, assim… para sempre! Encantador. Era isso que tornava o seu convívio tão adorável. Os seus olhos irradiavam uma ternura sorridente que persuadia quem os tocava na brandura da sua disposição.
Nenhum homem com uns olhos assim seria capaz de magoar alguém. Nenhum!

Friday, August 28, 2009

Parabéns Ricardo!



FELIZ ANIVERSÁRIO RICARDO!

Wednesday, August 19, 2009

Há que saber esperar um pouquinho!!! Então?




Vítima de violação aguarda doze horas por exame do Instituto de Medicina Legal

Uma rapariga de 17 anos foi vítima de violação sexual na noite passada. Ao dirigir-se ao Hospital de Santa Maria, em Lisboa, o pai da menor foi informado que não estavam disponíveis peritos do Instituto de Medicina Legal para a examinar e que a filha teria de aguardar doze horas, sem tomar banho ou ingerir alimentos, até que fosse vista por um médico do instituto. A razão para a espera: durante o mês de Agosto há apenas três médicos naquele serviço e na escala nocturna nenhum está disponível para realizar peritagens por falta de técnicos durante o período de férias.Segundo informações prestadas ao pai da menor nas urgências do Santa Maria, na noite passada, a vítima teria de esperar para ser examinada até as 08h00 de hoje, sem eliminar nenhum vestígio que provasse o crime de violação, porque aquela unidade hospitalar não realiza aquele género de recolhas para análise e no Instituto de Medicina Legal não estava disponível qualquer técnico para as executar.O pai da jovem, em declarações à RTP e à SIC, afirmou que apesar de ter manifestado a sua indignação junto do hospital e da PSP no local a resposta que obteve foi a mesma: a filha teria de aguardar até à manhã do dia seguinte para ser observada por um perito do Instituto de Medicina Legal e que a menor não poderia "tomar banho, lavar os dentes ou ingerir água e alimentos". Mais, teria de ser a própria vítima a deslocar-se ao instituto para ser observada. Ainda de acordo com o pai da vítima, esta não recebeu qualquer apoio psicológico. O Santa Maria descartou qualquer responsabilidade nesta questão, indicando o assessor daquela unidade hospitalar que existe um gabinete do utente onde podem ser apresentadas reclamações e que nenhuma foi recebida relativa a este caso.Questionado o Instituto de Medicina Legal sobre a falta de assistência à vítima, o presidente do organismo, Duarte Nuno Vieira, explicou à agência Lusa que as peritagens em Agosto não se realizam durante a noite, de segunda a quinta-feira, por falta de médicos. "Existem apenas três médicos em condições de assegurar a escala durante a semana durante o mês de Agosto. A opção que tomámos foi de assegurar das 08h00 às 18h00 durante a semana e de sexta-feira a domingo [durante o resto do ano] assegurarmos as 24 horas porque o instituto está fechado", disse o responsável.Duarte Nuno Vieira explicou ainda que as escalas para casos urgentes funcionam habitualmente 24 horas por dia todo o ano, mas a falta de técnicos e o período de férias durante Agosto obrigaram à interrupção do serviço, algo que foi comunicado a todas as autoridades e ao Ministério da Saúde.O Instituto de Medicina Legal dispõe actualmente de apenas seis médicos na delegação sul que podem fazer horário nocturno, sendo que três estão de férias, precisou. "Este ano, pela primeira vez, tivemos dificuldades em assegurar a escala para actos urgentes", maioritariamente casos de agressão sexual e alguns homicídios, reconheceu o responsável, recordando que antes de 2001 as pessoas que precisassem de uma peritagem numa sexta-feira à noite tinham que esperar até à próxima segunda-feira.

JORNAL PÚBLICO, on line, 19.08.2009
.
Ainda bem que não nos vai faltando coragem! Este pai, hoje, foi o exemplo disso mesmo! Parabéns à bravura desta jovem mulher!

Resta-nos DENUNCIAR! E nunca, mas nunca mesmo, perdermos a voz!

Tuesday, August 18, 2009

Este pôr-do-sol

Monte da Serra, Ervidel

Do momento retenho somente os reflexos, a temperatura, a luminosidade e as sombras e a espera diária. Como que um encontro! Urgente! Imperturbável!
Ficou-me a dignidade deste silêncio, deste pôr-do-sol… A natureza revestida de uma ternura fundamental! Uma imagem que apenas no coração do silêncio poderei reencontrar…
Prometo voltar muito em breve!

Saturday, August 15, 2009

13 de Agosto

13 de Agosto



No passado dia 13 de Agosto comemorou-se o Dia Internacional do Canhoto. Canhoto, esquerdino ou, ainda, sinistromano é o sujeito que utiliza os membros esquerdos para executar tarefas.
.
Um abraço a todos os canhotos que se vão cruzando na minha vida. Um beijinho especial para um dos meus sobrinhos Tiago (é que tenho doise apenas um é canhoto)!

Monday, August 10, 2009

As poucas palavras



Foi um dia, e outro dia, e outro ainda.
Só isso: o céu azul, a sombra lisa,
o livro aberto.
E algumas palavras. Poucas,
ditas como por acaso.

Eram contudo palavras de amor.
Não propriamente ditas,
antes adivinhadas. Ou só pressentidas.
Como folhas verdes de passagem.
Um verde, digamos, brilhante,
de laranjeiras.

Foi como se de repente chovesse:
as folhas, quero dizer, as palavras
brilharam. Não que fossem ditas,
mas eram de amor, embora só adivinhadas.
Por isso brilhavam. Como folhas
molhadas.
.
Eugénio de Andrade

Friday, August 7, 2009

Férias


Tenho cá para mim, que o melhor dia de férias é
o último dia de trabalho.
Hoje, calha ser esse dia!

Thursday, August 6, 2009

Hoje, a maior parte de mim está feliz!


Houveram momentos,
que cheguei a sentir-me encolher por dentro!

Tuesday, August 4, 2009

Olga Noronha (Olguinha, para os amigos!)

Feliz!

Tratou-se de um daqueles momentos...
verdadeiramente especiais!

Sunday, August 2, 2009

Ter liberdade de mudar

"Olhando para trás, muitas das minhas decisões foram baseadas na luxúria, e não me conduziram à vida que idealizei, feita de paz, harmonia e serviço. Deixei de ter coisas em comum com pessoas de quem fui próxima, que ainda mantêm as mesmas conversas de há 30 anos. Quero ter a liberdade de mudar, não só de profissão, de carreira, mas de personalidade."

Deborah Taj Anapol