Sunday, August 28, 2011

Às vezes sinto assim...


Às vezes estico demais as palavras. Estico tanto que ficam desfocadas, despresentes e a mensagem fica do avesso! Mas, de cada vez que o faço, pergunto-me: “Qual será a cor deste cansaço, assim a bater tanto?!”


4 comments:

Paoli said...

Nó! É simplemente lindo!
Sinto-me assim...
Seu blog é lindo...
Tens uma sensibilidade forte e
que alcança-nos...
Felicidade!
Beijos.

Francisco Carrasco said...

Palavras certeiras. Belo texto.

sentidos de coimbra said...

Olá Paoli, obrigada pelas palavras, volta sempre.

Mil sorrisos.

sentidos de coimbra said...

Francisco Carrasco,
Agradeço este momento.
Volte sempre.